Princípios orientadores

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

A Grãos de Gente tem como princípios orientadores de toda a sua actividade:

  • Garantir a Qualidade do ensino e de todos os serviços prestados;
  • Praticar uma pedagogia que assente num sólido suporte afectivo, fundamental para o desenvolvimento global da criança;
  • Praticar a continuidade pedagógica nas salas de Creche;
  • Promover o desenvolvimento integral e harmonioso da criança, de forma a incentivar a sua curiosidade, o seu espírito crítico e a sua criatividade;
  • Respeitar a individualidade de cada criança;
  • Promover a auto-estima, o respeito e a tolerância;
  • Incentivar o envolvimento das famílias no processo educativo e nas rotinas escolares, de forma a tornar a escola um prolongamento complementar da família;
  • Assentar a sua intervenção pedagógica na heterogeneidade e diversidade de abordagens, dando algum realce ao Modelo de Integração Sensorial.

A Grãos de Gente promove um vasto conjunto de propostas de atividades de mediação, procurando explorar de forma rica um património vasto e pluridisciplinar:

  • Palácio dos Marqueses de Pombal, (Abrangendo o jardim, Casa da Pesca e Cascata classificados como Monumentos Nacionais. A construção deste vasto domínio situa-se na 2ª metade do século XVIII. O Palácio e jardins possuem elementos arquitetónicos e artísticos de grande beleza e raridade (estuques, azulejos, estátuas, etc.).
  • Aldeia Hípica Fonte Caspolina (permite conhecimentos da vida animal: cavalos; cabras; porcos; javalis; póneis; patos galinhas e coelhos).
  • Adega e Vinha do Casal da Manteiga (a autarquia de Oeiras realiza a tradicional Festa da Vindima, que assinala o encerramento da vindima do vinho de Carcavelos Conde de Oeiras, na ex-Estação Agronómica Nacional, em Oeiras. Todos os anos, a par da vindima, a população pode acompanhar os trabalhos de carga da uva e a sua prensagem).
  • Centro cultural palácio do Egipto (localizado no centro histórico da vila de Oeiras, a nascente da Igreja Matriz, a sua construção remonta ao séc. XVIII, tendo sido, o edifício mais importante e nobre, até à edificação do Palácio do Marquês. Em 2005 a Autarquia, chamou a si a responsabilidade da sua reabilitação, tendo-se aí instalado em 2009, o atual Centro Cultural Palácio do Egipto, que integra uma sala de exposições temporárias, a livraria municipal e o Posto de Turismo de Oeiras.)
  • A Quinta do Marquês permite realizar passeios pedestres (parque florestal; minas de agua; aquedutos, jardins e alguns edifícios do sec.XVIII)

 

É portanto na riqueza deste património e no potencial deste espaço essencial de intercessão que apostamos, acreditando que a educação para a cultura contribui para a formação de indivíduos abertos à criação e a fruição crítica das artes, sobretudo quando a mediação se estabelece através do uso de metodologias que estimulem a curiosidade a imaginação e do pensamento crítico.

 

A utilização de elementos lúdicos é uma estratégia de desenvolvimento da curiosidade e sentido de descoberta potenciadora de aprendizagens efetivas. A aprendizagem lúdica tem efeitos duradouros e propícia memórias significativas na experiência da criança, estimulando a sua capacidade de resposta aos desafios.

Associada ao universo do prazer, a abordagem lúdica permite a construção de uma relação de familiaridade que potencia a inteligência emocional e permite assim criar um espaço propício a que sementes do pensamento questionador e da curiosidade que foram lançadas germinem de forma duradoura, gerando cidadãos verdadeiramente críticos e curiosos.

Conheça mais sobre o nosso projecto aqui.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *